Telefone:

Horário de Funcionamento:

Seg - Sex: 07h00 - 17h00

O cálcio é o mineral mais abundante no corpo humano, sendo que 99% dele está presente nos ossos e nos dentes. O International Journal of Scientific Research (IJSR) relata que, nos dentes, o cálcio é encontrado como "hidroxiapatita", que é composta de cálcio e fosfato.

O cálcio e o fosfato se combinam durante o desenvolvimento dos dentes para formar a sua estrutura dura característica. A vitamina D desempenha um papel fundamental no equilíbrio da absorção de cálcio e fosfato pelo organismo, bem como da absorção de cálcio no desenvolvimento dos dentes. Nos dentes de leite, a formação de hidroxiapatita (mineralização) ocorre por volta dos 4 meses no útero. Já nos dentes permanentes, ocorre desde a época do nascimento até os 13 anos, incluindo os terceiros molares (dentes do siso).

 

O que é falta de cálcio?
A hipocalcemia, também conhecida como falta de cálcio, é um distúrbio em que os níveis de cálcio no sangue são baixos.


Se os níveis de cálcio estiverem muito baixos, podem ocorrer osteoporose (problema médico em que os ossos podem se tornar frágeis por falta de cálcio ou de vitamina D ou alterações hormonais) e osteopenia (problema médico que envolve a diminuição da densidade óssea e que pode ser um precursor para o desenvolvimento de osteoporose).

Nos Estados Unidos, a ingestão diária recomendada de cálcio para pessoas de 14 a 18 anos é de 1300 mg, para pessoas de 19 a 70 anos, é de 1000 mg e, para pessoas acima de 71 anos, é de 1200 mg. As pessoas afetadas pela falta de cálcio são mulheres na pós-menopausa, mulheres com amenorreia, veganos e pessoas intolerantes à lactose. A Medical News Today informa que, em 2015, 3,5 bilhões de pessoas no mundo corriam o risco de ter falta de cálcio.

 

Sintomas da falta de cálcio
Os sintomas da falta de cálcio podem não ser facilmente detectáveis no início, mas podem incluir:

  • Dormência na boca
  • Dormência nas mãos ou nos pés
  • Dificuldade para engolir
  • Unhas fracas ou quebradiças
  • Cárie
  • Dificuldade para engolir
  • Depressão
  • Sintomas de osteoporose (dor nas costas, postura curvada)

 

Boa saúde dentária
Recomenda-se escovar os dentes duas vezes ao dia com um creme dental fluoretado que contenha cálcio e fosfato em sua fórmula, para restabelecer o esmalte do dente enfraquecido e ajudar a fortalecê-lo. O uso do fio dental uma vez ao dia antes de dormir ajudará a remover a placa e restos de comida entre os dentes e a margem gengival. Consulte o médico para verificar os níveis de cálcio e determinar se a suplementação é necessária para restaurar sua saúde e bem-estar.

 

Fonte: colgate