Prótese Dentária

Próteses são aparelhos utilizados em substituição aos dentes ausentes que podem ser fixas ou retiradas e recolocadas na boca. Atualmente elas oferecem uma aparência mais natural e maior conforto quando comparadas a aquelas de alguns anos atrás.

 

Existem dois tipos principais de próteses: totais (dentaduras) ou parciais, que podem ser fixas ou removíveis. Seu dentista irá ajudá-lo a escolher o tipo de prótese mais apropriado, dependendo do número de dentes a ser substituídos e o custo do tratamento.

 

  • Prótese Total | Dentadura: A confecção de uma prótese total removível, popularmente conhecida como dentadura, é a solução mais prática e rápida para recuperação da estética e função mastigatória. A prótese dentária total tem uma vida útil, o desgaste do material e as alterações na boca com o passar dos anos exigem a substituição da mesma para que o paciente preserve sua condição de saúde, mastigação e estética.
     

  • Prótese Parcial Removível: É indicada para pacientes que permanecem com alguns dentes naturais. Essa não tem como objetivo substituir as próteses dentárias parciais fixas e sim recompor estruturas quando se torna impossível a confecção de uma prótese dental fixa, seja por custo ou casos de perda de maior extensão de dentes. É uma prótese dentária que reabilita de forma bastante satisfatória o paciente.
     

  • Prótese Fixa: Indicada para pacientes que procura uma alternativa bastante satisfatória para repor dentes perdidos, dentes enfraquecidos por restaurações extensas e por vezes dentes escurecidos por tratamento de canal. Assemelha-se muito ao dente natural, proporcionado ao paciente bastante confiança e conforto. As próteses parciais fixas podem ser confeccionadas com a utilização de apenas cerâmicas, indicados para casos mais estéticos, ou a associação de uma infraestrutura metálica com o material cerâmico.
     

    Veja algumas dicas de como cuidar de suas próteses

  • Ao manusear sua prótese, coloque-a sobre uma toalha dobrada ou em um recipiente com água. Próteses são delicadas e podem quebrar caso sofram uma queda.

  • Não deixe sua prótese secar. Coloque-a em uma solução para próteses ou em água quando não estiver utilizando-a. Nunca utilize água quente, já que pode causar deformações.

  • A escovação diária de próteses removerá resíduos de alimentos e a placa bacteriana, ajudando na prevenção de manchas.

  • Escove sua gengiva, língua e palato todas as manhãs com uma escova de cerdas suaves antes de colocar suas próteses. Isto estimula a circulação em seus tecidos e ajuda na remoção da placa bacteriana.

  • Visite seu dentista caso sua prótese se quebre, lasque, rache ou fique frouxa. Não fique tentado a ajustá-la por conta própria, pois isso poderá danificá-la permanentemente.
     

Com o passar do tempo, sua boca muda naturalmente. Essas mudanças fazem com que a prótese fique solta, dificultando a mastigação e irritando a gengiva. Durante um certo período de tempo, a prótese precisará ser reajustada, refeita ou recolocada devido ao desgaste normal. Recolocar significa fazer uma nova base, mantendo os dentes existentes na prótese. É recomendado consultar um dentista, no mínimo uma vez ao ano, para uma avaliação.

 

Fonte: Colgate