Hipersensibilidade dentária


A hipersensibilidade dentinária é um problema que afeta grande parte da população, além de ser um desconforto doloroso mais identificado no consultório odontológico. 

Segundo o especialista no assunto, Dr. Antonio Wilson Sallum, professor do curso de pós-graduação em Periodontia na FOP - UNICAMP, a  hipersensibilidade se manifesta devido a diversas causas, como a retração gengival, bebidas ácidas, bruxismo, escovação inadequada ou com muita força, gengivite ou dente fraturado com exposição da dentina. Alguns tratamentos dentários, como o branqueamento e a colocação de aparelhos ortodônticos, também podem desencadeá-la, afetando o dia a dia do paciente, principalmente no momento das refeições. Mas, em geral, pode-se afirmar que o principal fator que provoca a manifestação da hipersensibilidade é a exposição da dentina.

Apesar de muito comum, a hipersensibilidade que afeta de 4% a 74% da população e provoca desconforto doloroso momentâneo, pode ser tratada e controlada. Desta forma, quando a causa for a exposição da dentina, o uso de uma escova com cerdas mais macias, a escovação correta e o uso de um creme dental indicado para o tratamento da sensibilidade são providências que podem ser tomadas por conta própria e ajudam a evitar a hipersensibilidade.

Em casos mais extremos, a hipersensibilidade deve ser tratada no consultório odontológico.  "Trata-se de um problema que, por causar desconforto doloroso extremo, muitas vezes acaba sendo a queixa principal na busca de atendimento odontológico", afirma o doutor.

Infelizmente, uma grande maioria de pessoas considera normal tomar água gelada ou um café quente e sentir incômodo doloroso nos dentes, ignorando essa sensação ao invés de procurar por orientação de um profissional. Entretanto, é importante saber que, ao notar a possibilidade da ocorrência de hipersensibilidade, deve-se consultar com um dentista para que seja identificada a causa e o devido tratamento que ajude o paciente a solucionar o caso de forma eficaz. "O manejo clínico da hipersensibilidade dentinária requer um esforço conjunto de profissionais da Odontologia e pacientes. Cabe a ambos seguirem as recomendações para que se possa minimizar os efeitos negativos de dor", conclui Antonio Wilson Sallum.


Fonte: Colgate-Palmolive