Conheça as principais doenças bucais e saiba como combatê-las


Quanto tempo do seu dia é dedicado à higiene oral? O descuido pode causar problemas nas bochechas, gengivas e dentes. Uma boa escovação e o uso de fio dental nunca devem ser deixados para depois.
 
Estes cuidados precisam ser aprendidos ainda na infância. Se você tem uma criança em casa, ensine-a a escovar os dentinhos depois das principais refeições e antes de dormir. Não é porque os dentes são de leite, e vão cair naturalmente, que não merecem atenção.
 
Quais são os problemas bucais mais comuns?
 
Podemos listar os seis principais. São eles: halitose, cárie, placa bacteriana, inflamação da gengiva, esmalte frágil e manchas nos dentes.
 
O que são cada um deles?
 
- Halitose é o famoso mau hálito. De acordo com a Sociedade Brasileira de Odontologia (SBO), o cheiro tão inconveniente atinge metade da população e é causado por hábitos de higiene pessoal inadequados, condições de saúde e por determinados alimentos.
 
- Placa é uma película pegajosa e incolor, composta por bactérias e açúcares, que se formar sobre os dentes.
 
- Quando a placa não é removida, essa camada endurece e se transforma em tártaro, que por sua vez, favorece o aparecimento de cáries.
 
- Comum entre as crianças, cárie é o desgaste do dente. O tipo de alimentação, de creme dental usado e predisposição hereditária podem ajudar a definir se você terá cáries ou não.
 
Como podemos evitar todos estes problemas?
 
O mais importante é ter uma boa higiene oral. Os dentes devem ser escovados sempre após as refeições e antes de dormir. Restos de comida alimentam as bactérias causadoras de cáries e placa. Não deixe de lado o fio dental, ele é essenciais para uma limpeza completa. Pode-se ainda complementar a limpeza realizada mecanicamente pela escova e pelo fio ou fita dental pelo uso de antissépticos e enxaguantes bucais. Ah, não se esqueça de trocar a escova dental a cada três meses.
 
Como escovar os dentes corretamente?
 
O primeiro passo é não ter pressa. Para começar, use o fio dental. Uma boa escovação deve durar no mínimo dois minutos. Para ter uma noção de tempo, você pode cantar mentalmente Parabéns para Você duas vezes enquanto cuida da saúde da sua boca.
 
Faça movimentos curtos e suaves, você não deve esfregá-los como se fossem um tapete, isso danifica o esmalte dos dentes. Comece pela arcada superior, passe a escova gentilmente da gengiva para baixo em todos os dentes, repita os movimentos dos dois lados e depois na arcada inferior.
 
Escove bem a superfície do dente responsável pela mastigação. Bochechas e língua também devem ser escovadas, são nestas regiões que estão o maior número de bactérias. Enxágue bem toda a boca. Você pode finalizar usando antisséptico, se recomendado pelo seu dentista.
 
Consulte um dentista
 
Não espere sentir dores para procurar um dentista. Prevenir é sempre a melhor opção. Faça uma visita ao especialista pelo menos duas vezes ao ano. Isso irá ajudar a evitar doenças bucais. Você não quer ter mau hálito ou perder os dentes, quer?