Clareamento dental



Existem basicamente dois tipos de clareamento dental:
Clareamento caseiro;
Clareamento no consultório.

No
clareamento caseiro, a maior parte do tratamento é realizada pelo próprio paciente, o qual utiliza o agente químico dentro de uma moldeira adaptável aos dentes. Estes materiais são fornecidos pelo cirurgião-dentista, que irá supervisionar o tratamento através de visitas periódicas do paciente ao consultório.

No
clareamento realizado no consultório, a Dra. Stella Palhares irá aplicar sobre os dentes um agente químico oxidante bem mais potente. Durante a aplicação, a gengiva, lábios e bochechas são protegidos de forma que o clareador não provoque queimaduras. Sobre o clareador é aplicada uma fonte de energia ativadora que pode ser luz halógena ou determinados tipos de laser que irão promover uma intensificação do clareamento. Dessa forma, o clareamento pode ser realizado em apenas uma sessão. E o mais importante é que a técnica utilizada pela Dra. Stella Palhares não deixa os dentes do paciente com aquela desagradável sensibilidade dentária.

O
clareamento dental é um "passo" inicial na análise e reprodução da estética do sorriso, para isso é muito importante que o cirurgião-dentista saiba diagnosticar as causas de alteração de cor, e indicar o clareamento antes de propor o procedimento odontológico adequado. Com o avanço tecnológico surgiram técnicas de clareamento dental para facilitar sua utilização e melhorar o conforto, a segurança e a diminuição de tempo na execução da técnica: clareamento a laser de Argônio (488nm), laser de Diodo, clareamento com LED's, clareamento com luz de Xenônio, clareamento com lâmpadas de plasma, clareamento com luz do fotopolimerizador. O agente clareador utilizado em todas as técnicas, inclusive na técnica de clareamento caseiro, é o peróxido de Hidrogênio (H2O2) em diferentes concentrações.

  • Thumb
  • Thumb
  • Thumb
  • Thumb
  • Thumb
  • Thumb
  • Thumb